Por trás da foto (Vol. 2)

Depois de algum tempo afastado do blog (como de costume), venho com o volume 2 dessa série que inventei sem querer por esses tempos.

Na realidade, pra mim é sempre difícil conseguir escolher uma foto minha do Instagram para dizer sobre ela. Olhando para elas hoje vi que todas saem de forma natural, sem muita história pra contar. São cenas que eu vejo na hora, tiro o celular do bolso e clico, sem muito o que pensar… são momentos registrados como eles realmente são, sem encenação ou coisa assim – exceto algumas, obviamente.

 925012_1411393025806317_1327337552_n

A de hoje aconteceu em uma visita à Porto Alegre, em uma galeteria que normalmente a gente sempre frequenta (quando digo a gente, é pq no caso eu fui a trabalho e estava com a banda NX Zero, a qual faço parte da equipe há praticamente 7 anos, acompanhando os shows/estrada e fazendo uma grande parte de clipes, capas de discos/dvds e etc).

No fim do almoço fui até o caixa para acertar as minhas contas… e nessa ida dei de cara com essas taças. No momento eu estava dizendo o que tinha consumido para o caixa, conversando também com o baterista da banda (grande Daniel Weksler) e ao mesmo tempo achando que aquelas taças estavam me dizendo alguma coisa. Sim, eu tenho mania de olhar pra tudo a todo o momento, sempre achando que aquilo poderia me dar alguma foto ou não… talvez seja comum eu ficar meio avoado no meio de algum assunto pq avistei algo realmente fotogênico aos arredores – e isso realmente deve ter acontecido mais uma vez.

Me lembro de ter tirado o celular do bolso, ligado a câmera e ter apontado para as taças – ao mesmo tempo em que conversava, eu acho – só não lembro sobre o quê (é assim que funciona sempre). Não me contentei com o que vi na tela e abaixei novamente o celular. Em seguida, entreguei o cartão para o pagamento da conta e resolvi tentar mais uma vez o enquadramento (acredito que o assunto já tinha sido finalizado nesse momento)… e aí ao ver o garçom abaixar a cabeça para completar a operação na máquina de cartão, usei-o no enquadramento da foto e click… foi.  Obviamente achei a foto uma merda e nada demais, mas como tenho a política de me esforçar em colocar uma foto por dia no meu instagram, lá se foi ela… era a que tinha pra aquele dia. Não sei exatamente por que muita gente gostou bastante dela, mas essa é a graça da fotografia: uma coisa que pode ser simples e sem muito significado pra uns, pra outros conta uma outra história bem melhor. Tudo é sempre uma questão de ponto-de-vista, momento e interpretação… e por essas e por outras é que vale sempre registrar tudo aquilo que de alguma maneira te chama a atenção. Talvez aquele momento não seja realmente para você, mas seja para você compartilhar com os outros que irão se identificar bem mais, e assim, você acaba sendo só o canal disso tudo.

Anúncios

2 comentários sobre “Por trás da foto (Vol. 2)

  1. ” talvez seja comum eu ficar meio avoado no meio de algum assunto pq avistei algo realmente fotogênico aos arredores – e isso realmente deve ter acontecido mais uma vez. ” Isso tbm acontece muito comigo rsrsrs Parabéns suas fotos são incríveis algumas delas me deparo olhando um certo tempo tentando entender e dai ver a explicação delas aqui é muito bom! ^^

    Curtir

  2. Eu também não faço a mínima ideia do porquê gostei dessa foto, só sei que gostei antes mesmo de ver que foi você quem a tirou. Acompanho seu trabalho e atualmente você é o fotógrafo que mais admiro também por conseguir com um celular tirar fotos simples e belas. Parabéns.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s