Tem que ver isso daí…


O que é bom pra mim nem sempre é bom pra você… e vice-versa.
Juro que já não sei mais onde falei sobre isso, se foi aqui no blog, se foi em algum post no Blackbox, mas enfim, parece que isso nunca vai ter um fim… vira e mexe eu recebo e-mail ou seja lá que meios for (sms, tweet, dm, sinal de fumaça) de gente querendo dica sobre fotografia, câmera, equipamento e afins.

Vou tentar explicar mais uma vez que isso não adianta nada e não faz sentido algum por vários motivos. Não vou enumerar todos eles porque senão esse post não teria um fim, mas vou colocar alguns pontos de vista meu aqui, enfileirados, só pra quem sabe ajudar no esclarecimento:

1-) Eu não sei o que você quer;
2-) Eu não sei o que você sabe;
3-) Eu não sei sobre o seu potencial;
4-) Eu não sei tudo sobre câmeras;
5-) Eu não sou o Google;
6-) O que é bom pra mim, pode ser exagero pra você;
7-) O que é exagerado pra você, pode ser bom pra mim;
8-) O que você quer, provavelmente seja diferente do que eu quero;
9-) Talvez o dinheiro que você tenha pra gastar com a câmera não pague o que eu acho bom pra mim;
10-) Não existe uma câmera que tira fotos boas sem a pessoa que está atrás dela saber “pilotá-la”;
11-) Não há milagres;
12-) Não sabe nada sobre as especificações de uma lente? Vá estudar;
13-) Quer uma câmera que troque de lente mas não sabe que diferença elas têm? Vá estudar;
14-) Quer falar de Nikon comigo? Procure outra pessoa;
15-) O que eu gosto provavelmente não seja o que você goste;
16-) Não sei onde tem mais barato, mas que tal pesquisar?
17-) Posso querer não falar de coisas de trabalho?
18-) Não aprendi sozinho, mas também não enchi o saco de ninguém;
19-) Quer fazer uma pergunta? Sinta-se a vontade… mas saiba do que está perguntando;
20-) Saber do assunto é o seu dever, mostre conhecimento para obter conhecimento;
21-) Não precisa saber de tudo, é só mostrar interesse;
22-) É mais fácil você chegar com uma dúvida entre essa ou aquela do que jogar a pergunta no ar;
23-) Não quer ser fotógrafo, não quer trabalhar com isso, mas TEM que trocar de lente né?
24-) Não quer nada caro, não sabe tirar foto, não entende 1 número sequer, mas quer comprar pra trocar de lente;
25-) Pra que trocar a lente se uma lente boa é mais cara do que a grana que você quer pagar na câmera?
26-) Nossa, como fotografia é caro. Pois é… novidade.
27-) Me indica um site? Indico… vai pros EUA e compra tudo lá.
28-) No Brasil não tem nada barato? Não, não tem. Ou é contrabando ou é contrabando.
29-) Essa lente que vem é boa? Não, não é… mas pra você que não quer gastar dinheiro, vai ter que ser.
30-) Dá pra tirar foto disso ou daquilo? Tudo dá para aquele que estuda e entende o caminho.
31-) Você é sempre chato assim? Não sou chato, to sendo legal com você e fazendo você aprender por si só.
32-) Que programas você usa pra editar as fotos? Se preocupe em saber tirar as fotos, a edição você pensa depois;
33-) E tanto faz se usa LR ou PS, sabendo tirar a foto, o que usa depois é o de menos;
34-) Você falou pra eu comprar tal câmera mas já saiu outra no lugar. Ta vendo pq eu não gosto de falar essas coisas? Sempre vai ter uma novidade no mês seguinte… e não, a culpa não é minha!
35-) Eu quero uma câmera que filma. Legal, o Google te responde.
36-) Que câmera você usa? Uma Canon 7D.
37-) Você recomenda? Recomendo
38-) Ta feliz com ela? Até to, mas não to satisfeito.
39-) O que é bom custa caro… mas nem tudo o que é caro você precisa ter;
40-) Quer ter um equipamento bom? Vai gastar dinheiro;
41-) Quer ter um equipamento mais ou menos? Vai gastar menos dinheiro, mas vai ficar infeliz mais rápido;
42-) Fotografia é um ciclo vicioso, não tem fim… comprar equipamento nunca vai ter um fim, sempre vai ter que gastar dinheiro, se atualizar e assim por diante;
43-) Quer apenas uma câmera pra fotografar o dia-a-dia? Compre uma point-and-shoot qualquer, ou uma mais “rebuscada”. Mas não me pergunte sobre modelos porque não conheço todos;
44-) Quer uma DSLR? Vai estudar;
45-) Onde eu estudo? Em algum curso, em sites, em vídeos… hoje em dia há uma infinidade de formas pra se obter conhecimento sobre equipamentos, teorias e afins… é só vc se coçar e ir atrás, e te juro que não precisa incomodar ninguém pra isso – e também te juro que vai ser melhor pra vc mesmo aprender sozinho (indo atrás), do que se ficar pentelhando alguém;
46-) Qual a diferença entre essa e essa? Aí você faz mais sentido perguntando coisas mais específicas;
47-) Qual a diferença entre essa e o mundo? Aí eu vou mandar vc pra “outro” lugar hehe;
48-) Qual a diferença entre essa câmera Canon dessa Nikon? Já disse que não sei sobre Nikon;
49-) Canon ou Nikon? EU uso Canon, mas não significa que seja melhor, pior ou seilá o que… foi a minha opção, o meu gosto, a minha identificação com o produto… qual vai ser a sua? você que escolhe;
50-) Você dá aula? Tem workshop? Me ensina a tirar foto? Em breve cenas do próximo capítulo.

Melhor ir parando por aqui porque a coisa é extensa e não teria fim, acredite haha.
Muita gente também não vai entender o real sentido desse post, muita gente também vai se doer por algum motivo… seja porque já fez alguma pergunta dessas ou seilá o que, mas enfim, procurem entender o meu lado também. Eu sou um profissional da área e tenho meus serviços pra fazer, uma vida pra viver e um conhecimento que obtive porque fui atrás, estudei, gastei dinheiro (e muito) e etc… Tem certos momentos que essas perguntas não cabem no meu dia-a-dia. Eu nunca disse que tiraria dúvidas sobre equipamento, aliás, ta aí uma parte CHATA de qualquer profissão: a parte técnica.
Você abrir teu e-mail pessoal – e de trabalho – e se deparar com e-mails de perguntas técnicas não faz sentido algum. Eu não ofereço serviço de consultoria pra ninguém, eu ofereço serviço de fotografia… então comecem a entender que eu prefiro responder sobre trabalho do que sobre equipamento. Outra coisa que me deixa deprimido é ver que a pessoa não sabe absolutamente nada do que está perguntando, ou seja, ela ao invés de pesquisar na internet, achou mais fácil encaminhar um e-mail achando que teria uma resposta linda com todos os dados mastigados… ou seja, o trabalho SUJO seria feito por mim, e ela só iria digitar a pergunta dela e clicar em ENVIAR.

Hoje em dia a gente tem aí ferramentas chamadas GOOGLE, onde você pode abraçar o mundo em pesquisa… mas parece que a preguiça é sempre maior. Tem gente que até tenta pesquisar mas não entende nada daqueles números que aparecem nas câmeras, lentes e afins… pois é… tem que estudar né? Quer tirar foto e não quer saber o que eles significam? Fica difícil.

Aí a gente sempre cai naquele velho dilema, onde todo mundo acha que comprando uma câmera já vira fotógrafo… porque acha que é simplesmente apertar o botão, colocar um efeito no photoshop e pronto. Mas comprar um bisturi e virar médico ninguém quer né?

É, tem que ver isso daí.

Anúncios

9 comentários sobre “Tem que ver isso daí…

  1. ah, eu acho que todos já passaram por essas perguntas, mesmo que em menor quantidade, mas volta e meia me perguntam tbm sobre equipamentos e alguma coisa mais técnica. Respondo sempre que posso, pq já passei por duvidas assim e nossa, era um tormento sem fim, até que corri atrás, perguntei – e hoje vejo até que fui um pouco chato – para alguns colegas aquilo que não tinha achado na net e em lojas e muitas das vezes as respostas me deixaram mais confuso, acontece.

    Curtir

  2. Entendo completamente o que você quis dizer com esse post…as pessoas estão mal acostumadas, na verdade acomodadas preferem se expor ao ridículo do que se arriscar e se aventurar em uma pesquisa que desperta um mundo de descobertas pra ela.
    Como sempre digo, mesmo com essa distancia…a cada dia aprendo algo novo, algo que vou levar pra minha vida, que acrescenta muita diferença no meu modo em ver o mundo,as pessoas as coisas… obrigada por simplesmente ser esse ser tão especial…te adoroo!!!!

    Curtir

  3. Oie Cesinhaa.. Eu AmO Fotografia.. e desde quando conheci seu trabalho virei uma admiradora! Eu to começando tbm mais gosto de aprender.. conhecer.. em relação ao que vc falou tah certO.. vc estudou, correu atras pra estar aonde esta, dae as pessoas querem tudO assim explicadinho pra ficar mais facil. Você transforma um “simples” no “tudO”. AdorO Seu Trabalho, você eh “O Cara” pra mim.

    Curtir

  4. Cara mto bom as suas 50 dicas/’patadas’ sobre fotos ‘rsrs
    numa boa, aprendi mto com tudo q vc falou ai, uso o termo patadas, porq pra mim serviu assim, mas mto me ajudou, to iniciando e usarei suas dicas para meu crescimento no ramo!
    Vlw cara,
    Q vc tnha cada vez mais sucesso no seu trabalho!
    Deus t abnçoe, flw!!!

    Curtir

  5. Falo e disse cesinha! até esses tempos eu nao entendia muito essa sua “revolta”(talvez era porque ninguem me incomodava com isso!), mas depois que voce recebe um SMS com a seguinte pergunta… “QUE CONFIGURAÇÃO VOCE USA NA CAMERA PRA TIRAR FOTOS BOAS NOS SHOWS?”, aí sim eu entendo você!

    Valeu! abraçoo.

    Curtir

  6. kkk, Cesinha…acredito que na maioria dos casos, a pessoa usa esse assunto como “pretexto” para tentar um contato com vc.Talvez por isso, muitas perguntas sem “noção”, pq o alvo principal não é a fotografia e sim… vc! kkkk.
    Agora relaxa, senão vc pira!

    Beijos sinceros.Fica com Deus!

    Curtir

  7. Sensacional esse post, cara!
    E essas pessoas que comentaram tão com cara de que são os primeiros a perguntar. rs
    Tenho bastante paciência pra explicar, mas também me irrito com esse povo preguiçoso!

    Parabéns pelo teu trabalho, cara! De verdade!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s