Maior

img_6517
Acho que por esses tempos eu tenho atualizado isso daqui demais, mas é bom… mesmo porque sei que daqui um tempo vai rolar um hiato e depois volta de novo com posts frenéticos e assim caminha o ciclo. Na real, me sinto mais a vontade agora que isso daqui não é mais tão acessado como antes. No começo era foda, muito acesso e muita gente futricando.. agora só entra quem realmente lembra ou tem interesse.. mais legal, mais sincero e consequentemente menos encheção de saco.

Por falar em encheção de saco, muita gente não sabe, mas o meu saco enche sim… como de qualquer outra pessoa, ok? Acho que pra tudo se tem um limite, um respeito e tudo mais – mas já cansei de falar sobre isso aqui, pra que dedicar mais um post né? Bobagem hehe. Mas, era só pra confirmar que sim, eu me irrito com muita coisa ao redor… e olha que não é pouco haha.

Outro dia eu tava sentado numa bela padaria/restaurante – ou o que seja aquilo – com duas amigas minhas já de anos… (se for calcular deve dar uns 11 anos pra uma e uns 13 ou 14 anos pra outra) e porra, vimos como hoje em dia as coisas funcionam de uma forma completamente diferente como era antes. Mas também não quero citar todo o pensamento aqui nem nada porque eu to com preguiça, mas de fato tudo mudou tão depressa que as vezes eu paro pra pensar em como as pessoas de mais idade ainda tentam imaginar como anda o mundo. Se a gente, com 29 / 25 anos já sentimos as diferenças (brutais, diga-se de passagem), imagina as pessoas com seus lá 60 anos… porra… onde isso tudo vai parar?

E acredite ou não, não era nada disso que eu sentei aqui pra dizer… era outra coisa ainda, mas já percebi que mudei de assunto umas duas ou tres vezes né. Normal. Típico blog de quem fala tudo o que pensa sem pensar… deu pra entender?

O que eu queria dizer mesmo perdeu muita força já, e aliás eu já nem sei direito o que era… mas se for importante um dia volta, em outro post, em outra hora.

E já que tudo não faz mais sentido, só deixar registrado aqui que as vezes sua profissão te dá muitas coisas boas mas ao mesmo tempo te tira muitas outras, como é o caso da minha, que me serve mil coisas legais – mesmo porque eu amo o que eu faço – mas também me tira o tempo suficiente para eu ver minha família e participar das reuniões, comemorações e toda aquela coisa que acontece… portanto, não pense que tudo dos outros é sempre um mar de rosas porque não é… tudo nessa vida tem seus prós e seus contras, e as vezes, por mínimos que sejam os contras, são contras fortes e que fazem falta. Eu sinto falta, e muito… mas as vezes tem que ser forte pra conseguir romper barreiras.

Pelo menos eu sei que a família não te larga, mesmo você estando longe. Talvez isso amenize… mas eu gostaria muito de estar presente em todas as ocasiões importantes… pena que a gente não consegue tudo o que quer.

Fico aqui sozinho mas no fundo carrego todos eles aqui dentro. E isso basta.

Anúncios

4 comentários sobre “Maior

  1. Oi cesinha (posso ti chamar de cesinha!?)

    Talvez nem seja se referindo a mim mais eu adoorei ler isso aqui *.* !! “..agora só entra quem realmente lembra ou tem interesse..”

    vou tentar fazer um comentário interessante pra que você não fique de saco cheio só de ler: “você tem um novo comentário de Cheyene.” rs.

    Eu só não entendi o que houve sobre os idosos, foi algo que você presenciou que não foi legal?
    Eu tenho um carinho tão grande por vovós quando as vejo na rua, tem umas simpáticas que ate me dão um sorriso mais já tem outras mais fechadas.

    [/confusa*]

    Cesinha eu não desejo te encher o saco, só gostaria que soubesse que existo e sou admiradora do seu trabalho.

    Sobre ficar longe da família… isso realmente é difícil eu não estou exatamente longe da minha família, mais sim do meu namorado. E a cada dia fico mais triste, pois não tenho amigas.. sabe aquelas amigas que vem saber como você esta. Só tem um povinho que baixa na minha casa pra pedir favor, ou jogar milhões de problemas delas na minha cabeça!
    Isso enche o saco. Então surge aquele ditado: “antes só do que mal acompanhado” hehe
    Beijaoo. [/falei de mais ]

    Curtir

  2. é verdade,
    as vezes a gente pensa que tudo são rosas hehe, mas na verdade não é !
    e eu to sempre aqui lendo ok ?
    gosto do que você escreve :]

    :*

    Curtir

  3. “..agora só entra quem realmente lembra ou tem interesse..”+1
    Pois é cesinha, eu acompanho sempre teu blog, e imagino o quanto de gente fica enchendo teu saco, ainda mais pela tua profissão…
    Maais num deixa de postar aqui,naao,tá?!
    Ah, escreve um livro!!!hsuahsuahsua

    Curtir

  4. Que Phoda!
    O final me emocionou, foi tocante.
    A gente pensa que o jardim do vizinho e mais verde, mas a gente não sabe como é difícil. As pessoas pensam que está tudo muito bem com a gente só porque estamos rindo, mas do que adianta os risos se por dentro a gente chora?!?!

    Espero que o carinho que as pessoas têm pelo seu trabalho e por você, continue lhe tanto muita força. As batalhas são árduas, mas as recompensas sempre são boas!

    Beijos Fotógrafo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s