Os que mudaram a minha vida

Depois de vários indícios decidi hoje falar sobre alguns discos que mudaram a minha vida. Claro que não vai ser algo completo, mesmo porque volto a dizer que eu escrevo tudo por impulso, ou seja, não vai dar tempo pra parar pra pensar em um por um… mas, fica aqui um breve resumo né?

Talvez isso não interesse pra ninguém ou não faça diferença alguma, mas nem me importo haha…

Bom, então vamos lá… o primeiro disco que mudou a minha vida, pelo o que eu me lembre, foi o RPM ao vivo… Lembro que ganhei ele de aniversário, acho que quando eu tava fazendo uns 6 anos (1986)… lembro até hoje.. minha mãe me buscando na escola, eu entrando no carro.. e ela falando que a minha tia do RJ tinha me dado de aniversário aquilo.. e quando eu abro, era o tal vinil… Eu na verdade não consigo me recordar se eu já sabia do que se tratava ou não… mas lembro das reações ao ouvir aquele disco… sensação ímpar! Ouvia alto! Hits atrás de hits… olhar 43, rádio pirata, london london… enfim… sim, o RPM mudou a minha vida. Hoje em dia muita gente acha a música brega e tudo mais… mas na época o RPM rompeu tudo o que era possível. Vendeu milhões, explodiu de tal forma que não agüentou o tranco e acabou na tour do mesmo disco. Faltou na verdade só o Paulo Ricardo se matar pra virar um Nirvana da vida. Como ele não se matou, aí virou o que virou hoje em dia… motivo de chacota, desrespeito e tudo mais… mas o cara tem que ser respeitado pelo o que conseguiu fazer na época… pena que o mundo é muito idiota pra poder reconhecer. É mais fácil rir do que admitir.

Enfim… anos se passaram e muita música se passou por mim, mas outro disco que realmente me marcou foi o Apetite for destruction do Guns n’ Roses. Esse sim, mais clássico do que nunca, e até hoje muito respeitado por todos. Disco foda, época foda… e Guns n’ Roses na época virou motivo de tudo, ouvia muito, era só isso o tempo inteiro.

Mas, tudo chega mais ou menos a um fim né? E o Guns começou a mudar e na mesma época chegou até meus ouvidos o …And Justice For All do Metallica. Pronto, fodeu! Dali pra frente conheci os discos anteriores e logicamente os posteriores… a febre durou até o Black Album mesmo, depois morreu… Hoje em dia eles até que lançaram um belo disco no começo desse mês, mas seilá, passou.
Nesse mesmo tempo, houveram outros discos muito fodas que me fizeram escutá-los muito, tipo o Vulgar Display Of Power do Pantera, com Dimebag e seu timbre de guitarra único. Mas são muitos discos nesse meio termo, então melhor não falar de toooodos, senão cansa.

Um pouco mais pra frente, pulando a fase grunge porque já falei em um post específico (Nevermind do Nirvana e Ten do Pearl Jam) veio a era Green Day com Dookie, Kerplunk e Insomniac, tornando pra mim os 3 melhores discos deles… e paralelamente veio Offspring com o Ignition, NOFX com o Heavy petting zoo e não poderia deixar de faltar a grande influência disso tudo: Stranger than Fiction do Bad Religion. Isso sim é disco!

Enfim… de lá pra cá 10 anos ou mais se passaram, e acho que o mundo veio mudando de tal forma que hoje em dia um disco não me muda mais tanto, talvez pela diferença do que era antes e é hoje… mas enfim, ainda restam alguns muito bons que marcaram bastante, mas não necessariamente mudaram… e aí ficamos com:

Dial in Sounds do Brandtson, Just a Point of View do Rivets, A história não tem fim do Dance of Days, Dude Ranch e Enema of the State do Blink-182, Transpiração Contínua e Prolongada do Charlie Brown Jr., Sirva-se do Dead Fish, A alguns quilômetros de lugar nenhum do CPM 22, Live do Face to Face, Diary do Sunny Day Real Estate, Let’s Talk About Feelings do Lagwagon, Life on a Plate do Millencolin, Raimundos do Raimundos, The Swiss Army Romance do Dashboard Confessional… e enfim… esses não estão em ordem cronológica nem muito menos de importância… mas todos são e sempre serão.

Na verdade queria eu fazer algo mais embasado, mais certinho e tudo mais.. mas eu tenho preguiça, então prefiro assim, jogando tudo pro alto e seja lá o que Deus quiser hahaha… quem quiser ir atrás dos discos, boa sorte e espero que goste… quem não tiver afim, legal do mesmo jeito… e quem já conhece alguns (com certeza muita gente já conhece um ou outro), talvez a sua opinião não bata com a minha.. maaaass, eu vivi em um momento e vc em provavelmente em outro, então é tudo muito diferente, pense nisso. Uma coisa é conhecer um disco do Green Day hoje e outra coisa é conhecer o mesmo disco há 10 anos atrás. Mas é isso aí… espero que tenham se divertido com as maluquices! haha

Eu gosto sempre de relembrar certas coisas… tudo bem que devo ter esquecido mil e dois discos, mas já valeu para desenterrar alguns que eu nem lembrava mais e agora to aqui seco pra ouvir de novo haha.

Bom, por hoje é isso aí… hoje a noite tem show pra trabalhar e tudo mais… e amanhã to em Manaus, então, não sei quando vou conseguir voltar com algumas palavras aqui… mas é isso aí. Fiquem bem e cuidem-se hehe.

Beijos e abraços!

Anúncios

13 comentários sobre “Os que mudaram a minha vida

  1. Impressionante como foi EXATAMENTE igual comigo, até chegar no Brandtson. Antes disso, até a parte do Green Day / Offspring, trilhamos exatamente o mesmo caminho musical!

    Curtir

  2. amei o pooost de hoje o/
    e comoo cabe coisa na tua cabeça hein cesinha .-.
    aah muito legal mesmo! É bom relembrar as coisas assim ;]]
    bom shoow hoje então!
    beeijo!
    espero pro próximo post *-*

    Curtir

  3. Cada fase da nossa vida tem uma trilha sonora, e quando agente escuta os CDs antigos que relembram essas fases é muito estranho, parece que o tempo volta.. e agente sente a mesma coisa que sentiamos na época…
    Hahaha viajei? Ou deu pra entender?
    Vou domingo no show! Esse vai ser muito bom, vai ficar para assistir as outras bandas?! Se sim nos vemos por lá!
    Bjos

    Curtir

  4. Acho que numa situação normal me sentiria “velha” pensando em coisas do passado, mas nesse caso me senti “privilegiada”
    Passou um filme na minha cabeça lendo esse post… Um filme bom!!!!!!
    Adorei!!
    Bom show hoje!
    Beijo

    Curtir

  5. Sabia que eu adoro vir aqui e ler oq vc escreve? Eu me sinto bem. ;D
    Ah, e os discos que vc falou ai são bem legais mesmoo.
    Bom trabalho pra vc e muito sucesso na sua profissão. Felicidades Cesinha.
    Beijão, gosto muito do seu trabalho

    Curtir

  6. Cesar vc postou um dia no fotolog sobre o “pior vôo da minha vida” na volta de Natal para SP e vc disse que escreveria aqui no blog o que tinha acontecido, eu não sei se eu não consegui achar o post mas se vc não postou nada eu realmente queria saber o que aconteceu nesse vôo, eu moro aqui em Natal tava no aeroporto na volta de vcs e qdo li fiquei pensando várias coisas que podia ter acontecido, vai lá me conta!

    BeijooOs

    Curtir

  7. hauhauahuahuah AHHHHHHHHHH LA VEM VOCE COM ESSA ESTORIA DO CBJR DE NOVO!
    nãããããããããão éééééééé e ponto!!!!

    voce mesmo ta ai dizendo que uma coisa é ouvir o disco agora e outra coisa ouvir ha dez anos atras.
    nao é e pronto.

    Curtir

  8. é isso ae Cesinha!! Cada fase uma banda representou de um jeito, cada momento tem a sua trilha sonora. Você tem um ótimo gosto musical…gosto de muitas bandas que você citou ai. Não sei se sou louca, mas eu amo vinil. Meu pai é fanático por Beatles e eu não poderia ser diferente…filho de peixe, peixinho é. Portanto eu pego tdos os vinis e fico horas e mais horas escutando. O vinil tem um som diferente e tal, mas eu adoro…hehehehe

    bjão, bom trabalho
    se cuida!
    =)

    Curtir

  9. putz, o cd do dashboard mexeu comigo, outro que fez diferença foi these days do bon jovi, sempre quando o escuto lembro dos momentos que ele tocava ao fundo.

    gosto quando tu conta as coisas pra gente assim, cesinha. parece que tudo fica mais perto, mais próximo da gente, da pra imaginar demais tudo o que tu fez, falou, sentiu. é bom.

    beijos, se cuida!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s